XX CONIC

XX CONIC

O XX Congresso de Iniciação Científica da UFAM congrega a comunidade acadêmica da Universidade Federal do Amazonas em Manaus e nos campi de Benjamin Constant, Coari, Humaitá, Itacoatiara e Parintins na reunião anual onde são apresentados os trabalhos de iniciação científica desenvolvidos no Programa de Iniciação Científica da UFAM e de projetos de Grupos de Pesquisa da UFAM. O XX Conic é uma realização da Universidade Federal do Amazonas - UFAM com o apoio do CNPq e da FAPEAM.

XX Patrocionio do XXCONIC

Apresentação

O Programa de Iniciação Científica tem um papel fundamental na formação científica dos alunos de graduação da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). A UFAM aderiu ao programa desde a década de 1980, oportunizando a seus estudantes uma experiência direta com a comunidade científica e despertando a vocação para ciência. A pesquisa estimula o aluno a ser criativo, buscar diferentes fontes de informação e a interagir com outros grupos de pesquisadores em busca de respostas para suas indagações. Esta experiência destaca o aluno de Iniciação Científica dentro da comunidade acadêmica.

A crescente qualificação do corpo docente em nível de doutorado levou a se exigir esse nível acadêmico para orientação de alunos do PIBIC. Por algum tempo essa era a principal atividade de orientação científica dos professores com o título de doutor, uma vez que havia poucos programas de pós-graduação em nossa universidade. Era comum a banca examinadora dos trabalhos de Iniciação Científica afirmar, nos momentos de apresentação dos projetos, que determinado trabalho possuía qualidade excelente, “que estava em nível de dissertação de mestrado”. Isso já revelava a necessidade de a universidade investir na criação de programas de pós-graduação em nível de mestrado e doutorado, para atender aos docentes doutores que buscavam por mais espaço para a pesquisa científica na instituição.

Portanto, o Programa Institucional de Iniciação Científica não apenas preparou a base sólida para a formação de novos profissionais para a carreira acadêmica, como também contribuiu para forjar os novos doutores da UFAM no exercício da pesquisa e orientação científica, dando origem a um forte programa de pós-graduação com mais de mil e quatrocentos alunos matriculados, distribuídos em 33 programas de Pós-Graduação com 33 mestrados e 10 doutorados. Com todo o sucesso de duas décadas de atividades, o PIBIC torna-se mais importante no dias atuais pela necessidade de preparar as bases para novos profissionais da carreira acadêmica para atender à grande demanda por professores e pesquisadores que surgiram com a ampliação do número de instituições de pesquisa e ensino superior em nosso estado.